Arquivo para junho 2007




Bodas de prata… da minha vida!!!

Posso dizer que eu me inquietei muito com está novidade…Bodas de Prata. Ah que horror, estou envelhecendo! Que nada, estou vivendo.

Outro grande questionamento era qual seria a surpresa que Deus faria na minha vida nesta Primavera. E Ele sempre me faz surpresas. E as surpresas começaram antes mesmo do dia 18 de Junho de 2007.

O meu maior presente foi um abraço de um amigo acompanhado de uma palavrinha que começa com P… E que tem o poder de mudar tudo ao seu redor. Nada que acontecesse nestes dias teria tanto valor quanto aquele simples e profundo gesto. Vi que o sangue de Cristo é capaz de fazer milagres… Você dúvida? Eu não mais. Vi que minha amizade que parecia frágil e despedaçada, se refez, pelo sangue precioso de Jesus e se mostrou ser uma AMIZADE VERDADEIRA.

“Oh sangue e água que jorraram do peito aberto de Cristo, como fonte de misericórdia para nós eu confio e espero em vós.”

E o que dizer desta tão feliz segunda-feira? Não foi de prata não, foi de ouro, valiosíssima. Sempre sonhei com um aniversário assim, com meus amigos ao meu redor. Não que os outros não tenham sido assim , mas este foi diferente dos outros, muito especial. Teve direito até a produto lançado com a marca AURI de qualidade. Aprovados pelo Aurimetro. ( risos*)

Tudo de melhor e mais especial aconteceram neste dia. As palavras dos meus pais para mim, dos meus amigos, o dom da vida, a saúde plena. O que eu poderia querer mais?! Mas o Paizinho sabe que espero por um presente, um milagre… Mas este eu vou incluir na próxima listinha de presentes do ano que vêm, mas se quiser ir adiantando, não recusarei a oferta.

Obrigado a todos que fizeram do dia 18 de Junho de 2007  uma adorável Bodas de Prata! ( não sei se a concordancia está certa, mais o que vle é a intenção!)

Add a comment junho 20, 2007

Oração…para os que desejam um AMOR DE VERDADE

Diante desta busca pelo “amor de verdade“, convido você a parar um pouquinho e rezar:

“Senhor Jesus, vós sois a Verdade, verdade que cura, salva e liberta, eu abro as portas do meu coração para que o Senhor impere sobre as minhas verdades, por mais sofridas e sujas que sejam. Clamo a tua misericórdia sobre a minha afetividade e sexualidade. Quero recomeçar e precisa ser do zero, e o Senhor mesmo sabe que não consigo sozinho (a), derrama sobre esta decisão o teu Santo Espírito e que a minha mente, meus sentimentos e meu corpo, sejam banhados, purificados e transformados no teu Espírito.  Eu renuncio a todo voto íntimo que fiz de que nunca me casaria, de que eu não namoro porque sou feio (a), tímido (a), burro (a) ou outra palavra que foi mal dita e lançaram sobre mim, eu renuncio a todo sentimento de raiva, ódio ou mágoa de pessoas que durante o (s) meu (s) namoro (s) me fizeram (fazem) sofrer, eu renuncio a todo e qualquer tipo de trabalho (espiritismo, simpatia, magia, feitiçaria…)  que fiz ou fizeram sobre mim para que obtivesse sucesso nos meus relacionamentos, eu renuncio a todas as vezes que disse a mim mesmo (a): Eu não tenho jeito mesmo, não presto, eu renuncio Senhor e, mais uma vez peço: Vem Espírito Santo, vem fazer novas todas as coisas, faz-me homem (mulher) novo (a). Preencha os espaços que ficaram vazios durante esta oração, dá-me um coração arrependido.  Renova as minhas forças para lutar pela castidade, eu não quero pecar e não quero levar outros (as) a pecar comigo, quero a santidade. Neste tempo de discernimento da definição do meu estado de vida eu preciso de Ti Senhor, ilumina-me, dá-me sabedoria e decisão, autodomínio e fortaleza, alegria e muito amor para dar, pois a minha vocação é o amor, e com esperança me consagro a Ti Virgem Maria, minha Mãe, com tudo o que sou e tenho, (se você já namora consagre seu namoro a Nossa Senhora, se está à procura, consagre esta pessoa onde quer que ela esteja e peça para que este “milagre” seja antecipado em sua vida como aconteceu nas bodas de Caná) e, acima de tudo, que a Senhora me ensine a querer e a fazer a vontade de Deus, pois esta é a melhor para mim. Amém!”

 Eu e Fábio (meu amor)Eliana Ribeiro

3 comentários junho 13, 2007

Só o amor aproxima o que é diferente


Já pensou se existisse uma “feira do namoro”? Você poderia escolher a mulher do tipo “A”, o homem do tipo “B”. Cor de cabelo, estilo de roupa, inteligência, classe social, família. Tudo isso com garantia de 3 anos. Algum defeito? Só pedir para consertar. Teria ainda a versão: “Lavou? Tá novo!”
Realize seu sonho, adquira aqui seu novo amor:

Bom preço, bom negócio, compre barato seu namorado!

Esta feira livre do amor parece existir no imaginário de muitos de nós. Quem encontrou um alguém, fica resmungando:

“Será que não tinha um melhor?”
“Por que brigamos tanto?”
“Ele poderia ser daquele outro jeito!“

Quem não encontrou:

“Nunca dou certo no amor”,
“O que elas têm que eu não tenho?”
“Vou ficar pra titia?”

No mundo real essa feira não existe. O dinheiro pode até comprar sexo, mas não amor. Quem ama é porque escolheu amar, ou descobriu-se amante. Lembro-me de ter ouvido a reclamação de uma filha que tinha sofrido uma desilusão amorosa:

“Todo homem é igual”, resmungou a filha.
“Então, por que você escolhe tanto!?”, alfinetou a mãe.

Não penso que sejam verdadeiras as afirmações de que “homem é assim”, “mulher é assim”, “mulheres fazem isso”, “homens fazem aquilo”. Somos únicos, existem pessoas de todo jeito. Não concordo com essas generalizações, ainda que venham assinadas por doutores ou mestres. Não é difícil encontrar alguém que tenha lido um livro famoso de relacionamento, que – com panca de psicólogo – faça uma análise do próprio namoro. Sua arrogância intelectual o cega. Não enxerga que, na verdade, o que está fazendo é rotular o outro, desrespeitando sua unicidade.

Mas, e como encontrar essa pessoa que é única? Como escolher bem nosso amor? O que fazer quando nos descobrimos amantes?

Não podemos escolher o amor como numa prateleira. A feira do amor não existe. Um amor de verdade é revelado aos poucos. Quanto mais conhecemos o outro, mais nos convencemos da veracidade da nossa relação. Cada ser humano é único! Agimos e reagimos de maneira própria e a relação só conseguirá ser estável e forte se houver essa percepção.

O amor que não tem coragem de mostrar as suas fraquezas é um amor mentiroso. Só se fortalecem aqueles que, percebendo seus pontos fracos, buscam superá-los de maneira autêntica. Ninguém pode demitir-se de ser o que se é. E que a autenticidade não se confunda com mediocridade. Temos de amar o outro do jeito que ele é. Ele precisa ser autêntico e assumir tudo o que pensa e sente, mas isso não significa que não precise mudar ou evoluir exercitando-se no amor.

Quem ama deve estar disposto a mudar para se achar, para encontrar quem é o outro e quem verdadeiramente é. Aquele que exclui qualquer possibilidade de evolução e aprendizado está se condenando a mofar no calabouço das suas crenças fantasiosas sobre o que é o amor e a maneira de interpretar a relação.

Trecho extraído do livro “Quero um amor de verdade” – de Diego Fernandes

Add a comment junho 11, 2007

Gisele defende… O Aborto!

Amigos  e irmãos em Cristo, achei muito interessante compartilhar com vocês estes recortes. Já que estamos aqui sempre a favor da vida, defendendo que os não estão tendo o direito de se defender. Já não me surpreendo com certas declarações explícitas a favor do Aborto pelas “Celebridades”, mas está declaração que me chamou atenção por que encontrei uma boa resposta 

(aliás encontrei a resposta antes da declaração, mas isso é um pequeno detalhe).

Seguem os recortes:

Notícia do site:

http://verdesmares.globo.com/v3/canais/noticias.asp?codigo=180989&modulo=808

Gisele Bündchen defende direito ao aborto e é contra Bush

A top Gisele Bündchen (27) chegou ao Rio de Janeiro nesta segunda-feira (04) para fazer a campanha da grife Colcci e o desfile da marca no Fashion Rio.

Em entrevista ao jornal “Folha de S. Paulo”, a über model se mostrou a favor da camisinha, do direito ao aborto, e ainda criticou o governo do presidente americano George W. Bush.

Gisele disse ser “a favor de a mulher fazer o que deseja com seu corpo”, referindo-se ao aborto, e acrescenta que “até quatro meses de gravidez, não existe quase nada”.  “É como um grãozinho. Portanto, acho que a mulher deve ter direito de decidir o que é melhor”, completou.

A modelo também criticou algumas regras da Igreja Católica, como a proibição do uso de camisinha, alegando que quando as regras da igreja foram criadas, o comportamento da sociedade era diferente.

Namorando o jogador de futebol americano Tom Brady, recentemente Gisele negou boatos de que estaria grávida. Ela disse ainda que o dia em que engravidar, “todo mundo vai ver”.

Sem querer entrar em polêmicas, a top foi sucinta em relação à política: “Acho que o importante em política é ser honesto, independentemente de sua posição”. Mas não faltaram alfinetadas para o presidente americano George Bush: “(O governo) foi péssimo. Basta olhar o que está acontecendo hoje em dia por causa dele, como tanta gente passou a odiar os Estados Unidos”, afirmou.

Mensagem postada no blog do Jornalista Osvaldo Luis:

http://blog.cancaonova.com/osvaldoluiz/2007/06/05/mensagem-a-gisele-bundchen

MENSAGEM A GISELE BÜNDCHEN

Terça-feira, Junho 5, 2007

Modelo em entrevista a jornal defende o aborto e diz que até os quatro meses de gestação não existe quase nada… 

        Gisele Bündchen: com quatro meses de gestação a criança está praticamente formada. Com muito menos, um mês, já tem coração, símbolo do afeto, do carinho, do amor. Com dois meses, Gisele, o feto já está com o rosto formado. Tem até lingüinha! Boca e nariz também. Se eu fosse de uma agência já ficaria de olho, pode estar por vir uma nova modelo… Com três meses o neném mexe pra “caramba”, inclusive abre e fecha as mãos e os pés. Um detalhe interessante, Gisele: já tem unhas, que se menina, tantas vezes serão coloridas. Aos quatro meses, Bündchen, já tem até bebê treinando para desfile. Não, não estou brincando. Nesta fase ele já faz em suas ginásticas movimentação do tórax. Dá para acreditar? Braços e pernas formados e sexo definido.

         Está vendo, Gisele, aos quatro meses de gravidez já existe quase tudo. E mesmo quando era um grãozinho já possuía a essência de seu ser. Se ninguém interferir vai se transformar numa pessoa bonita como você. Se Deus quiser você será ainda mãe e terá a alegria de acompanhar toda essa evolução, passo a passo, e se encantar bem cedo com quem há de ser a luz dos seus olhos…

1 comentário junho 6, 2007

Amor de verdade…

[..Esse amor é de verdade? Se não for…nem me desperte!Quero um amor de verdade! Que respeite a pessoa…E sua identidade.. .Quero razões para te amar! Amores de mentirinha Já tive aos montes…Não me fizeram bem… Quero um amor de verdade Corpo, alma e coração! Amor que nos invada e preencha as ausências Os anos passaram…Os sonhos, NÃO!..] ßy Diego Fernandes

Bem acho que não preciso dizer mais muita coisa. O trecho fala por si só. É tudo que eu quero…Um amor de Verdade. No dia 12/06 não vou ganhar nenhum presente, sem melancólia. Mas como se aproxima meu aniversário( dia 18/06, mas é segredo amigos!!!) podem me agraciar com uma jóia, isso mesmo uma jóia: o mais novo livro de Diego Fernandes, consagrado na Comunidade Canção Nova, “Amor de Verdade“…

Eu quero… Em todos os sentidos que a expressão permite!

Add a comment junho 3, 2007

Páginas

Categorias

Links

Meta

Agenda

junho 2007
S T Q Q S S D
« maio   jul »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930  

Posts by Month

Posts by Category