Arquivo para maio 10th, 2007




Começanco a escrever… primeiras impressões!!!

Banco vazioHoje eu me decidi a fazer o que eu sempre quis e que tanto gosto…escrever e graças a inspiração num blog de um amigo ( Wagner Moura) eu criei minha página.

Bem eu ultimamente só tenho tido motivos para agradecer a Deus, pois eu vejo o quanto este nosso pai é Misericordioso e amoroso comigo.

Como falei dos milagres nossos de cada dia, eu os tenho experimentado. Sabe coisas pequenas, pequenos gestos, pequenas palavras, mas é como se fossem pistas a beira do caminho que me dão as coordenadas do que eu conhecerei, do que Deus tem preparado para os seus amados. E cito aqui duas palavras que nunca saem do meu coração…

“Os que semeiam em lágrimas segarão com alegria. “(Salmo 126,5)

“Mas, como está escrito: As coisas que o olho não viu, e o ouvido não ouviu, E não subiram ao coração do homem, São as que Deus preparou para os que o amam.” (Coríntios 2,9)

 As promessas de Deus se cumprem , no tempo certo e da maneira certa. Difícil é esperar…Nossa!!! E confiar… nem se fala. Mas como hoje eu consigo visualizar o que Deus tem pra mim , eu posso testemunhar que fé é , de fato, crer no invisível.

“Assim acontece com minha palavra que sair da minha boca: ela não volta para mim sem efeito, sem ter realizado o que eu quero e sem ter cumprido com sucesso a missão para qual eu a mandei.” ( Isaías 55,11)

A algum tempo eu limitei o poder, amor e misericórdia de Deus com seus filhos amados, e por isso sofri tanto. Eu achava que dependia de mim , do meu comportamento, dos meus atos de bravura, para conseguir algo do Pai. Ledo engano! Se fosse assim… Estaríamos perdidos, completamente perdidos. Somos fracos, pecadores, humanos de mais. E hoje li uma frase muito interessante que dizia as pessoas são o que são e não o que fazem . Eu erro todo dia, toda hora, mas Deus vê mais longe, Deus vê o coração e se errei foi, com certeza, tentando acertar. E assim que devo ser vista, como sou e não o que faço de bem ou de mal. Claro que somos o que fazemos, mas não somos tudo aquilo que fazemos. Isso tirou um grande fardo das minhas costas. Mas não me exime de tentar ser melhor a cada dia, só aumenta este compromisso.

E também percebi que nos perdemos muito quando nos limitamos a ver a aparência, o físico, as palavras que saem em certos momentos… Se pudessemos ver com os olhos do coração, quantas riquezas conseguiríamos enxergar no outro. Não queremos perder tempo com outro, não damos a ele a chance de nos surpreender, isso mesmo nos surpreender, nos encantar. Descartamos as pessoas com a facilidade que se descarta um artigo que não nos agrada ao passearmos pelas pratileiras de uma loja. A sociedade do imediatismo. Vem logo alguém com aquela frase: “Parte para outra por que, tem tanta gente aí bonita, legal e você perdendo tempo com fulano ou cicrano.” Isso pode ser um amigo, um namorado etc.

Só podemos amar aquilo que conhecêmos. O outro, é um mistério a ser desvendado, é isso leva tempo, disposição, dedicação. Hoje já não me importo com o que dizem sobre os que eu escolhi e me prôpus  a desvendar, os mistérios que Deus me presentiou. E vejo que o caminho do silêncio muitas vezes é o caminho da Sabedoria.

Percebi que as coisas que Deu nos promete só acontece se acreditarmos… E Ele só pode fazer se eu crer, se eu deixar. Olha só o que eu li ontem e que resumi o que eu digo:

“Como é difícil largar e depois de entregar! Mas se não largamos, Deus larga. Já imaginou um carro com dois volantes e dois motoristas? Não seria um carro mas um desastre ambulante. Deus sabe que na direção das coisas cabe apenas uma pessoa: Ele ou nós; é a carne ou o Espírito. Por isso, se tomamos o combate em nossas mãos e lutamos por nossas próprias forças, Deus se sujeita a assistir a nossa luta. Não é má vontade da parte d’Ele. O respeito à nossa liberdade O faz esperar.

Quando o ferro é dobrado abruptamente, ele se parte; para curvá-lo é preciso tempo, tempo de prepará-lo, de levá-lo ao fogo. Quando Deus pede um tempo, não o faz por si próprio mas por nossa causa, em virtude da nossa natureza. Em geral, as coisas mais belas e complexas levaram tempo para serem construídas. Custa tempo construir um edifício. Muitos quadros demoraram anos para serem pintados. Mas exigimos que Deus faça milagres nos segundos da nossa conveniência.”

(Márcio Mendes Com. C.N.)

Deixemo-nos guiar pela Luz de Cristo e nos abandonar nos braços do Pai e descançar no colo de Maria.

 

1 comentário maio 10, 2007

Páginas

Categorias

Links

Meta

Agenda

maio 2007
S T Q Q S S D
    jun »
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  

Posts by Month

Posts by Category